31 de outubro de 2010

CONDUTA IMORAL



A inocência do infante de quatro anos foi-se embora. Isto já tem um bom tempo, não é de agora. É feio falar de sexo, mas todos o sabem fazer.
            —Mamãe, o que é “sesco”?
            —É coisa de gente grande, filho. Quando você for maior irá saber.
O problema acontece quando a criança cresce. A brincadeira de gente grande, que acontece cedo demais, vira pensão alimentícia. É mão pra lá, beijinho pra cá.
—Deixa eu ver o seu...
Pronto! Uma nova criança no mundo. É feio, é pecado. É uma desonra. Sexo não é assim. Então é como? Sempre se fez sexo. As pessoas param para ver a mulata mostrar o útero em cima de um carro alegórico. “Que lindo!” A criança viu. A mãe viu. O pai também. Mas falar sobre isso é feio. Topless é crime. Falar de sexo para uma criança é imoral.
Não existe camisinha para os servos de Bacal. A orgia vem desde Portugal. Trepa daqui, mama de lá. Não se fala de pinto porque é ilegal, mas nada fazem pela orgia no Congresso Nacional. Não sei o quanto isso pode chocar mas pode ser que todos pensem e tenham medo de falar. Nos EUA também tem sexo. Na Europa, Etiópia. Pra que esconder? Não tem nada demais em falar a criança para que serve o pinto. De todo o jeito vai se saber. É melhor estar preparado para esta conduta imoral.
................................................
Enquanto escrevia (digitava) isso, o Word me corrigia. É melhor trocar “trepa” por “tem relações sexuais”. Até no computador?

2 comentários:

  1. Hahaha essa do Word corrigir foi demais!!
    Rolei de rir aqui Kkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Não vou nem comentar Nathan!


    BOBÃO

    BJS DE SUA IRMÃ

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!